O grupo Kiss mostrou por que é uma das maiores bandas de rock do mundo na Arena BRB Mané Garrincha

O Kiss promoveu um espetáculo histórico, nesta terça-feira (18/4), em noite promovida pelo Metrópoles Music. O grupo provou porque é conhecido por fazer os melhores shows ao vivo e levou os brasilienses ao delírio em uma verdadeira festa de rock n’Roll.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2

0

O espetáculo faz parte da turnê de despedida do Kiss, que rodou o mundo comemorando 50 anos de carreira. Para celebrar meio século de sucesso, os roqueiros selecionaram um setlist recheada de hits e uma apresentação empolgante no palco e na plateia.

Paul Stanley, Gene Simmons, Tommy Thayer e Eric Singer sacudiram Brasília com clássicos do rock, como Shout it Out Loud, Detroit Rock City, Heaven’s on Fire, I Was Made for Lovin You e Rock and Roll all Nite.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4

0

Showzaço do Kiss

Com um começo eletrizante, Paul Stanley, Gene Simmons, Tommy Thayer e Eric Singer mostraram por que são uma das mais importantes bandas de rock n’Roll do mundo. A sequência de hits — Rock and Roll, Detroit Rock City e Shout it Out Loud — fez o público vir abaixo.

Em seguida, Paul Stanley conversou com o público. “Brasília está será a última vez que vamos nos ver”, falou o frontman. A turnê atual marca a despedida do Kiss dos palcos. “Vamos fazer uma grande festa de rock”, anunciou.

Milhares de pessoas lotaram a Arena BRB Mané Garrincha

Em seguida, o grupo tocou Deuce e War Machine. Ao fim da sequência, mais um grande sucesso do grupo: Heaven’s on Fire. A faixa fez o público da Arena BRB Mané Garrincha cantar junto.

O show ainda reservou mais hits, como I Love it Loud, Say Yeah e Cold Gin. Em seguida, Tommy Thayer levantou todo mundo com um solo de guitarra que durou cerca de 7 minutos.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3

0

Em um dos momentos mais empolgantes do show, Paul Stanley atravessou o público em uma tirolesa para cantar Love Gun, I Was Made For Lovin’ You — a música foi uma das que mais empolgou a plateia — e Black Diamond.

A apresentação teve grandes clássicos da banda, como Deuce, Detroit Rock City e mais

Espetáculo visual

Ao longo das quase duas horas de show, além do rock n’ Roll, o público pode curtir um verdadeiro espetáculo visual. No palco, quatro bonecos gigantes representavam Paul Stanley, Gene Simmons, Tommy Thayer e Eric Singer..

Além do clássico figurino — e de animados e potentes solos de guitarra — o Kiss presenteou os fãs com fogos e muita pirotecnia.

Em um dos momentos mais empolgantes, Gene Simmons literalmente engoliu fogo — uma de suas marcas registradas. O baixista também fez seu solo em um elevado, no qual finalizou cantando God of Thunder.

Kiss faz sua turnê de encerramento após 50 anos de carreira e trouxe para a capital federal um show apoteótico e lotado

Mais Kiss

Após terminar o primeiro ato “nas alturas”, o Kiss voltou para o bis e tocou mais quatro músicas.

A volta aos palcos contou com uma emocionante apresentação do baterista Eric Singer no piano, em uma versão de Beth.

Em seguida, os músicos agradeceram ao público. “A gente cumprimenta vocês”, falou Paul Stanley. Em seguida, os artistas apresentaram Do You Love Me.

Para fechar, o grupo tocou Rock and Roll all Nite, em um dos momentos mais agitados das quase duas horas de show! O público que lotava a Arena BRB Mané Garrincha foi ao delírio e cantou o clássico do rock junto do grupo.

“Nós nunca vamos esquecer vocês! Adeus”, concluiu Paul Stanley, sob muitos aplausos.

Grupo encerrou apresentação de forma apoteótica





Fonte