Ao todo, foram registrados 51.115 furtos e 65.704 roubos de celulares no estado no último ano (Imagem: Unsplash/Árpád Czapp)

O volume de furtos de celulares no Estado de São Paulo cresceu 54,6% em 2022, enquanto os roubos subiram em 34,8%, em relação ao ano anterior.

Os números são de um levantamento obtido pelo UOL junto ao Departamento de Economia do Crime da Fecap (Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado), a partir de boletins de ocorrência registrados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Ao todo, foram registrados 51.115 furtos e 65.704 roubos de celulares no estado no último ano. Produtos da Apple e da Samsung foram os mais envolvidos nesses episódios.

  • Entre para o Telegram do .!
    Acesse as notícias que enriquecem seu dia em tempo real, do mercado econômico e de investimentos aos temas relevantes do Brasil e do mundo. Clique aqui e faça parte!

A SSP afirmou que está adotando uma série de medidas para aumentar a segurança no combate aos crimes, segundo nota enviada ao UOL.

O foco principal é na região central da cidade de São Paulo, onde o órgão afirmou que aumentou em 30% o efetivo, com alterações de horários, escalas e PMs de outras regiões da cidade.

Confira o ranking dos celulares mais envolvidos nos crimes:

Celulares Roubados

Estado de São Paulo: 65.704

  • Samsung: 23.184
  • Motorola: 16.503
  • Apple: 13.797
  • Xiaomi: 4.161

Cidade de São Paulo: 35.234

  • Samsung: 11.899
  • Apple: 9.348
  • Motorola: 7.635
  • Xiaomi: 2.235

Celulares furtados

Estado de São Paulo: 51.115

  • Samsung: 17.276
  • Motorola: 11.745
  • Apple: 10.983
  • Xiaomi: 2.612

Cidade de São Paulo: 25.237

  • Apple: 8.131
  • Samsung: 7.436
  • Motorola: 3.864
  • Xiaomi: 1.235



Fonte