A cantora Bruna Richely Silva de Souza, mais conhecida como Bruninha Charly, afirmou que o cantor Maycon Carvalho Alvarenga, o Maykinho, teria cometido agressão física e psicológica contra ela. Os dois trabalharam juntos no Feras do Forró — a moça de 19 anos era vocalista e Maykinho, dono do grupo.

Lucivan Araújo, advogado da cantora, afirmou à revista Quem, nesta segunda (17/4), que o laudo do Instituto Médico Legal (IML) confirma as lesões sofridas pela artista:

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3

0

“O laudo do IML é claro e aponta as lesões sofridas pela Bruninha. Ela sofreu escoriações no lábio inferior e abaixo da boca, além de uma lesão avermelhada na região torácica e marcas na coxa direita e no antebraço direito.”

“O documento ainda aponta que houve ofensa à integridade corporal por meio de ação contundente, não restando dúvidas do depoimento dela para a polícia. A Bruninha foi duramente agredida pelo Maykinho”, completou o advogado.

Bruninha ainda alega, de acordo com a reportagem, que não recebeu salário durante o ano que passou com o Feras do Forró.

A Justiça concedeu medida protetiva para Bruninha contra Maykinho, e a defesa entrará com uma ação trabalhista contra o cantor, já que a jovem não teria recebido o salário durante o tempo que passou com o grupo.

Acusação de agressão

Em um vídeo publicado no Instagram no começo do mês, Bruninha afirma que foi agredida verbalmente, psicologicamente e fisicamente por Maykinho. Ela diz que se relacionou com o cantor por mais de um ano.

“Fui agredida verbalmente, psicologicamente, de todas as formas que vocês possam imaginar. Estou sem chão, mal, estou ruim com tudo o que está acontecendo comigo. Hoje faz 29 dias que perdi minha voz por causa da agressão, fora outras agressões fortíssimas”, afirma.

“Pisaram em cima do meu pescoço, me bateram, me chutaram, me expulsaram. Eu não tive culpa de nada. Só tenho 19 anos, eu era uma menina e o que eu mais gostava de fazer era cantar. Minha voz está prejudicada por causa disso. Hoje não posso mais, não consigo, preciso de tratamento. Fiquei sem trabalho e estou sem condições de trabalhar”, completou.

Veja o relato completo:





Fonte