Você sabe quem são os malditos da MPB? A Música Popular Brasileira tem muitos talentos e uma história para lá de interessante.

Receberam o apelido de “malditos”, os cantores que flertavam com o experimentalismo e tratavam de temas pouco comuns para a época. Eles não eram da Jovem Guarda, nem faziam parte da Tropicália, ou seja, esses artistas não se encaixavam em lugar nenhum.

A perseguição e a censura eram comuns para os “malditos da MBP”, mas muitos chegaram a fazer colaborações com grandes nomes da época. O sucesso comercial acabava sendo consequência para alguns, mas não era esse o principal objetivo.

O movimento aconteceu entre as décadas de 60 e 80, porém só foi ser compreendido anos depois.

Saiba mais sobre quem foram os malditos da MPB. | Foto: Reprodução.

Saiba quem foram os malditos da MPB

A seguir, saiba mais sobre alguns desses jovens que deram o que falar e deixaram para sempre seu legado na música!

Tom Zé

Com mais de cinco décadas de carreira, Tom Zé se destacou bastante no experimentalismo, por isso é bastante conhecido no meio.

Mas, apesar de apostar na contracultura, já gravou com grandes nomes da música brasileira como Caetano Veloso, Gal Costa e Gilberto Gil.

Luiz Melodia

Com músicas em novelas da Globo, Luiz Melodia foi um rebelde que fez bastante sucesso e, ainda hoje, é lembrado como um dos principais nomes do país.

A música Pérola Negra é um de seus maiores sucessos e é a responsável pela ascensão comercial de sua carreira.

Sérgio Sampaio

Sérgio Sampaio ficou conhecido como o “mais maldito dos malditos”. O cantor tinha o temperamento difícil e costumava aparecer muito com Raul Seixas, com quem tinha uma parceria na vida e na música.

Walter Franco

Walter Franco divide o título de “mais maldito” com Sérgio Sampaio, pois ele trazia muita modernidade em suas músicas.

Franco estava tão à frente de seu tempo que já chegou até a ser vaiado em uma apresentação no Festival Internacional da Canção, quando cantou Cabeça pela primeira vez.

Arrigo Barnabé

Barnabé fez bastante sucesso, mas também foi muito rejeitado por conta da agressividade em suas músicas.

Seu primeiro disco, Clara Crocodilo, foi considerado pela imprensa como a maior novidade musical do Brasil desde a Tropicália.

Ave Sangria

A banda de rock psicodélico era formada pelos membros da equipe de Alceu Valença, na turnê Vou Danado Pra Catende.

A banda só teve um disco lançado e seu sucesso era bastante restrito ao estado de Pernambuco e seus entornos.

Ednardo

Junto com Fagner e Belchior, Ednardo fez parte do movimento de artistas que, na década de 70, migraram do Nordeste para lugares como São Paulo e Rio de Janeiro.

Porém, o sucesso do músico foi bastante curto, visto que, após a ascensão de sua música Pavão Mysteriozo, trilha sonora da novela Saramandaia, ele logo perdeu os holofotes.

Gostou de saber mais sobre os malditos da MPB? Se você gosta de música brasileira e quer continuar consumindo conteúdos como este, siga acompanhando a Novabrasil por aqui!





Fonte