Amor e Gelato, lançado em 2016, rapidamente se tornou um best-seller com a trama romântica de Lina. A obra ganhou uma adaptação cinematográfica na Netflix. O tamamnho do sucesso joga responsabilidade para o novo trabalho da autora Jenna Evans Welch, que lança Feitiço Para Coisas Perdidas – que chega ao Brasil pela editora Intrínseca.

No novo livro, Jenna Evans conta a história de Willow e Mason, uma garota e um garoto que se sentem deslocados e solitários. Em comum, possuem o fato de terem problemas com as mães. Quando os dois se conhecem, ambos sentem uma conexão imediata.

Em entrevista para o Metrópoles, a escritora explicou como surgiu o desejo de escrever uma história narrada pelo ponto de vista de dois personagens: “Sou fascinada pela ideia de que duas pessoas podem estar na mesma sala e, de alguma forma, saírem com experiências completamente diferentes”.

Willow e Mason, personagens principais da história, deixaram a autora dividida, pois, em sua essência, são figuras bastante distintas. “Às vezes, eu estava mais interessada em um do que no outro e tive que trabalhar muito para garantir que cada um tivesse seu próprio foco e sua resolução”, explicou a escritora.  Feitiço Para Coisas Perdidas marca a primeira vez em que Jenna Evans narra uma história por meio de múltiplos pontos de vista.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2

0

Para escrever um livro que fala sobre magia, Evans precisou aprender a ler tarô, prática que virou um hábito em sua vida. Segundo a escritora, foi “um dos maiores presentes” adquiridos durante a produção da obra.

“Decidi que é uma ferramenta perfeita para escritores, pois depende muito da narrativa e do simbolismo. Acho perfeita para explorar meu próprio subconsciente e gerar novas ideias”, conclui.





Fonte