Cargos específicos podem ser mais afetados pelo ChatGPT e pela inteligência artificial do que outros (Imagem: Pixabay/ Gerd Altmann)

Segundo relatório do Goldman Sachs, mais de 300 milhões de empregos serão afetados pela inteligência artificial e automação no mundo inteiro.

Apesar disso, Sultan Saidov, cofundador e presidente da Beamery, uma empresa global de software, explicou à CNBC que o ChatGPT e a IA não devem causar medo entre os funcionários porque essas ferramentas ajudarão pessoas e empresas a trabalhar com mais eficiência.

“Eu acho que, em muitos casos, vai ser mudado em vez de perder”, explica o executivo sobre o medo de trabalhadores de perder seus cargos para sistemas de inteligência artificial.

Ainda, Sultan Saidov contou ao jornal norte-americano que trabalhos específicos podem ser mais afetados do que outros, especialmente na indústria de tecnologia.

Cargos de criação

Postos de trabalho que envolvem um desenvolvimento criativo na indústria de tecnologia, como designers, criadores de videogames, fotógrafos e aqueles que criam imagens digitais, não devem ser erradicados.

Ao contrário, o executivo conta que as IAs podem ajudar essas funções a criar mais e fazer o trabalho de maneira mais rápida.

Desenvolvedores e engenheiros de softwares

Sameer Penakalapati, diretor executivo da Ceipal, uma plataforma de aquisição de talentos baseada em IA, afirmou ao jornal dos EUA que o ChatGPT não irá eliminar todos os empregos desse segmento da tecnologia.

Ainda assim, as tarefas e responsabilidades desses funcionários provavelmente poderão ser diminuídas pelo GPT e pela IA generativa, pontua o especialista.

Trabalhadores do conhecimento

Os “trabalhadores do conhecimento”, termo em inglês utilizado para designar aqueles que têm como principal capital o conhecimento sobre uma determinada área e a capacidade de comunicá-lo ao mercado, devem sofrer um forte impacto do ChatGPT e da IA.

A incorporação dessas ferramentas deve afetar todos os trabalhadores dessa categoria, principalmente pela capacidade das tecnologias de criar primeiros rascunhos (de ideias, códigos, imagens e vídeos) muito rapidamente.

“É possível imaginar quase qualquer trabalhador do conhecimento sendo capaz de se beneficiar dessa tecnologia. Certamente, a tecnologia fornece velocidade com esses tipos de recursos”, explicou Michael Chui, sócio do McKinsey Global Institute, ao CNBC.



Fonte