A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro informou neste domingo (16/4) não ter encontrado indícios de que Sabrina Luiza de Souza, mais conhecida como MC Sabrina, é mantida em cárcere privado pela família. A corporação diz ter apurado o caso no ano passado, após receber denúncias de pessoas próximas à cantora.

“O caso foi investigado pela Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) do Centro em 2022. Na época, agentes foram à casa da cantora e constataram que não se tratava de cárcere privado. O inquérito foi encaminhado ao Ministério Público, que decidiu pelo seu arquivamento”, informou a PCERJ ao Metrópoles, por meio de nota.

Considerada uma das precursoras do funk melody, Sabrina não é vista em público há meses e seu post mais recente no Instagram, uma selfie, foi publicado em setembro do ano passado.

Preocupados, artistas e fãs começaram a se mobilizar em busca de notícias sobre a cantora. Foi então que relatos de que ela estaria sendo sendo mantida em cárcere privado por familiares ou, ainda, doente, começaram a surgir na web.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1

0

#FreeMCSabrina

A cantora Pocah foi uma das primeiras artistas a se manifestar na web sobre o suposto desaparecimento de MC Sabrina. Em uma thread no Twitter, ela chamou atenção para o caso e pediu ajuda aos internautas para esclarecê-lo.

Ao Metrópoles, a ex-BBB disse que falou com duas pessoas que se relacionaram com a funkeira. “Um é ex-marido e ex-empresário [DJ Júnior da Providência] e outro é ex-namorado. Os dois alegam que a família não deixa que eles a vejam. Que vão na casa dela e falam que ela não está”, contou.

Pocah divulga novas informações sobre o paradeiro de MC Sabrina

Pocah ainda enviou o link da gravação de um podcast de abril de 2022, em que Junior faz graves acusações ao padrasto de Sabrina, Aguinaldo. Ele diz que o homem chegou a furtar a casa que ele dividia com Sabrina, quando ainda estavam juntos, e que tem “dopado” a artista.

Em outro vídeo, de junho de 2022, o ex-marido da funkeira acusa Aguinaldo de tê-lo ameaçado de morte e faz um apelo. “Peço ajuda a todos para ajudar a MC Sabrina a sair das garras desse monstro que está acabando com a vida da menina”.

“Polícia não está conseguindo investigar o caso”

Em junho de 2022, a vereadora carioca Verônica Costa (PL) apareceu em um vídeo no Tik Tok, ao lado da delegada Gabriela Von Beauvais, para falar sobre o paradeiro da MC, que já era questionado por fãs e pessoas próximas. Na ocasião, Von Beauvais afirmou que a Polícia Civil havia aberto uma investigação para apurar o caso.

O portal entrou em contato com a parlamentar que, ao contrário da PCRJ disse que o caso ainda estava sendo investigado. “Fomos até a Central de Deams para fazer a denúncia e fomos encaminhados para a Deam do Centro. Desde então, nosso maior trabalho tem sido procurar as testemunhas para acompanhá-las para depor”, afirmou.

“Sem as testemunhas a polícia não está conseguindo investigar o caso. Precisamos fazer uma corrente para que as testemunhas se apresentem para depor e para que a gente entenda o que está acontecendo com a Sabrina. Precisamos das testemunhas para ajudá-la”, completou.





Fonte