Limite de caracteres aumentado para usuários do Twitter Blue: Desde fevereiro, os usuários do Twitter Blue nos EUA tem a capacidade de postar tweets com até 4.000 caracteres. Agora, a empresa dobrou esse limite, permitindo tweets de até 10.000 caracteres. Além disso, o site agora suporta formatação de texto em negrito e itálico, facilitando a leitura de grandes blocos de texto.

Rebranding do “Super Follows” para “Subscriptions”: O Twitter renomeou o recurso “Super Follows” como “Subscriptions”, permitindo que os usuários cobrem taxas mensais de $3, $5 e $10 dólares por conteúdo exclusivo, incluindo conversas somente para assinantes no Spaces. A empresa também prometeu não cobrar nenhuma taxa desses ganhos pelos próximos 12 meses.

Maior engajamento e monetização: Ao aumentar o limite de caracteres para usuários do Twitter Blue e permitir a postagem de vídeos com várias horas de duração, a plataforma oferece aos criadores de conteúdo mais maneiras de manter seus assinantes engajados. Ao mesmo tempo, isso leva os usuários a passarem mais tempo no site, proporcionando mais oportunidades para exibir anúncios e gerar receita para a empresa. No entanto, o sucesso desta nova versão do serviço de assinatura ainda não está garantido, já que o Super Follows não decolou como esperado.





Fonte