Cão ficou perdido a 241 km longe de seus donos depois de uma viagem para a Ilha de São Lourenço, no Mar Bering, em março

Arquivo Pessoal/Mandy Iworrigan
Cão da raça pastor australiano ficou um mês longe de casa

Apôs um mês longe de casa, um cachorro da raça pastor australiano voltou apara os seus donos. O animal estava a 241 km longe de casa. O caso foi aconteceu em Savoogna, no Alasca, nos Estados Unidos. A história foi contada pelo jornal americano  Anchorage Daily News, nesta quarta-feira, 12. O cãozinho foi encontrado após uma campanha de moradores da cidade, que compartilharam fotos do animal pelas redes sociais. Nanuq acompanhou seus donos em uma viagem para a Ilha de São Lourenço, no Mar Bering, em março. O passeio corria bem até que ele e Starlight, outro cachorro da família, desapareceram juntos. Starlight foi encontrado dias depois, enquanto Nanuq continuou desaparecido. O reencontro entre o cão e sua dona, Mandy Iworrigan, foi gravado pela filha em um vídeo de 10 minutos publicado em uma rede social. Meu pai me mandou uma mensagem dizendo: “Tem um cão que se parece com Nanuq em Wales’ (cidade do Alasca)”. Não tenho ideia como ele acabou lá. Talvez o gelo tenha se deslocado enquanto ele caçava”, contou Mandy. Isso só foi possível por conta de alguns moradores da cidade onde a família viajou, que começaram a compartilhar alertas pelo Facebook. A informação chegou até Mandy que reativou sua conta na rede social. Ela queria saber se realmente era Nanuq. O contato com os internautas funcionou. Nanuq chegou em sua casa na semana passada. Ele apresentava um inchaço nas patas, porém a dona acredita que ele está bem. “Tenho certeza que comeu restos de foca ou caçou uma. Talvez pássaros. Ele é bem esperto”, finalizou.

 





Fonte