O projeto Alpha Mandê Griô fará uma manhã de audições para bailarinos e percussionistas neste sábado (15/4). A ideia do projeto é levar um pouco da história e cultura afro-brasileira para escolhas públicas da Candangolândia, do Cruzeiro e do Núcleo Bandeirante entre junho e agosto. Quem participar da seleção, vai trabalhar em 12 apresentações voltadas para a comunidade escolar dessas regiões. 

As audições vão das 9h às 13h de sábado e ocorrem na Casa da Cultura do Núcleo Bandeirante. Para participar é preciso fazer a inscrição (clique aqui), ter disponibilidade para ensaios e apresentações e ser maior de 18 anos. Ao todo, serão selecionados três bailarinos e um percussionista, sendo todas as vagas para homens e mulheres. A contração é remunerada. 

“É uma oportunidade de trabalho, mas também de aprendizado para todos que vão conviver e trocar nesse projeto. Nossos países são irmãos e têm muito em comum, principalmente em relação à música e à dança, que são sagrados para mim. Queremos reforçar a importância das tradições e valorizar os traços que nos unem”, afirma o guineense Alpha Kabinet Camara, responsável pelo projeto.

window._taboola = window._taboola || [];
_taboola.push({
mode: “thumbnails-mid-gallery”,
container: “79-taboola-widget-1-photo-galley”,
placement: “79-Widget 1 photo galley”,
target_type: “mix”
});

Publicidade do parceiro Metrópoles 1


0

A iniciativa faz parte da aplicação da lei 10.639/2003, que torna obrigatória a abordagem da história e cultura afro-brasileira no currículo oficial da rede de ensino. Nas três regiões citadas, o Alpha Mandê Griô apresenta a riqueza da cultura mandengue, ou mandinga, original do Oeste da África, e sua contribuição para os costumes nacionais. 

The post Projeto de cultura afro-brasileira tem audições neste sábado (15/4) first appeared on Metrópoles.



Fonte