Um cão está recebendo tratamento para se livrar do alcoolismo no Reino Unido. Coco, como é chamado, foi acolhido pelo abrigo Woodside Animal Welfare Trust após a morte de seu tutor. No local, o animal apresentou ataques de instabilidade e outros sintomas de abstenção do álcool. O tratamento do pet precisou contar com sedação para controlar sua saúde.  

O tratamento de Coco, um mestiço com Labrador, já dura um mês e, ainda assim, não há previsão de quando ele poderá ser adotado (Foto: reprodução)

Coco chegou ao abrigo junto com uma cadelinha, tutorada pela mesma pessoa, que não sobreviveu aos ataques de abstinência. 

Abstinência alcoólica pode se apresentar por meio dos seguintes sintomas: tremores, náuseas, vômitos, coração acelerado, irritabilidade, nervosismo, ansiedade, dificuldade de raciocínio, dor de cabeça, palidez, cansaço e sudorese intensa. “Ninguém sabe os detalhes de como estes cães entraram na situação com álcool, mas sabemos que sem os nossos cuidados, a Coco, provavelmente, não teria sobrevivido a esta provação de partir o coração”, explica, nas redes sociais, um post da Wood Side Animal Sanctuary. 

O tratamento de Coco, um mestiço com Labrador, já dura um mês e, ainda assim, não há previsão de quando ele poderá ser adotado. “Estamos muito gratos por estarmos fora de perigo e Coco, agora, está começando a comportar-se como um cão normal. Ele ainda não está pronto para adoção e, embora fisicamente pareça ter recuperado, mentalmente ainda está muito ansioso”, explica o abrigo. 

Fonte: Folha de Pernambuco, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Psicóloga realiza pesquisa sobre fatores de risco para a saúde mental dos veterinários

Desafios do diagnóstico e tratamento da hipersensibilidade alimentar

CFMV regulamenta atuação de profissionais em resgate de animais em casos de desastres





Fonte