Os produtos foram baseados na versão mais recente do modelo de linguagem ampla SenseNova da empresa, que a companhia vem desenvolvendo ao longo dos últimos cinco anos, disse o outro cofundador, Wang Xiaogang (Imagem: REUTERS/Aly Song)

A chinesa SenseTime apresentou nesta segunda-feira uma série de novos produtos movidos por inteligência artificial, incluindo um chatbot e um gerador de imagens, juntando-se a uma corrida global iniciada pela popularidade do ChatGPT, da OpenAI.

Xu Li, presidente-executivo e cofundador de uma das maiores empresas de IA da China, fez uma demonstração ao vivo do chatbot que eles chamaram de “SenseChat” escrevendo um e-mail e contando uma história sobre um gato que pegou um peixe, quando solicitado a partir de perguntas, bem como escrevendo códigos de computador.

Os produtos foram baseados na versão mais recente do modelo de linguagem ampla SenseNova da empresa, que a companhia vem desenvolvendo ao longo dos últimos cinco anos, disse o outro cofundador, Wang Xiaogang.

“Temos nos concentrado no desenvolvimento de nossos modelos amplos. Além de nossa poderosa infraestrutura de IA… a SenseTime também desenvolveu a capacidade de implantar modelos amplos em toda a nossa linha de produtos”, disse Xiaogang, acrescentando que o SenseChat contêm mais mais de 100 bilhões de parâmetros.

Além do SenseChat, a empresa também apresentou um gerador de imagens, uma plataforma de criação de avatar digital e um par de ferramentas complementares de modelagem 3D no evento.

Essas aplicações são destinadas a trabalhar em conjunto para ajudar os clientes da SenseTime a criar rapidamente vídeos nos quais o apresentador, o ambiente e os produtos são todos gerados por IA em tempo real.

“Podemos gerar uma cena digital para uma sala de transmissão ao vivo. A criação de produtos e o conteúdo interativo são todos gerados por IA, e a sala de transmissão ao vivo funciona sem parar, 24 horas por dia”, disse Xu. “Na verdade, você pode nem mesmo saber se é uma pessoa real transmitindo à noite”.



Fonte