Hoje é o aniversário de Marcelo Jeneci e nós preparamos uma lista com 8 curiosidades sobre o cantor, compositor e multi-instrumentista paulistano para vocês nesta data especial!

Hoje é dia de Marcelo Jeneci. | Foto: Marcelo Jeneci.

Confira 8 curiosidades sobre Marcelo Jeneci

1- Marcelo Jeneci sempre teve sua trajetória ligada à música. Começou a aprender sobre com seu pai, que trabalhava consertando equipamentos eletrônicos e instrumentos musicais.

2 – No ano 2000, com 18 anos, passou a integrar a banda de Chico César, tocando sanfona, e fez com ele uma turnê pela Europa. Depois disso, como instrumentista, também integrou as bandas de Arnaldo Antunes e de Erasmo Carlos.

3 –  Antes de iniciar sua carreira solo, Marcelo Jeneci lançou uma composição de muito sucesso em parceria com Vanessa da Mata: a canção Amado, que entrou para o álbum SIM, da cantora, em 2007.

4 – Seu primeiro álbum foi lançado em 2010 e chamava Feito pra Acabar. O disco de estreia de Marcelo Jeneci já conta com os imensos sucessos: Pra Sonhar, Longe e a faixa-título (todas composições solo do artista), e Felicidade (parceria com Chico César). Além disso, o álbum também traz cinco composições em parceria com Arnaldo Antunes e conta com os vocais de sua grande parceira em diversos hits, a cantora Laura Lavieri.

5 – No seu segundo disco, – De Graça, de 2013 –  Jeneci também divide os vocais com Laura Lavieri, e apresenta o grande sucesso O Melhor da Vida (parceria com Isabel Lenza). Com o álbum, o artista ganhou o prêmio de Melhor Compositor pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA), e foi indicado ao Grammy Latino, na categoria Melhor Álbum de Música Popular Brasileira.

6 – Em 2015, Jeneci fez uma bela parceria com a cantora e compositora paulistana Tulipa Ruiz, com uma série de shows pelo Brasil, encabeçados pela canção Dia a Dia Lado a Lado, assinada pelos dois artistas e também por Gustavo Ruiz, irmão de Tulipa.

7 – Em seu disco Guaia, de 2019, Marcelo Jeneci conta a história da sua vida por meio de um resgate de suas raízes, trazendo uma mistura de elementos líricos e estéticos, como o baião, o frevo, cantos indígenas e os beats mais modernos.

8 – Em 2020, o artista relançou o seu primeiro álbum da carreira, Feito Pra Acabar, 10 anos depois, incluindo nele três faixas inéditas e uma versão em italiano do hit Felicidade, sendo indicado mais uma vez ao Grammy Latino, desta vez na categoria de Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa.

Viva, Marcelo Jeneci!





Fonte