52 ex-bilionários de 2023 têm algo em comum (Imagem: Virgile Simon Bertrand para Forbes)

A famosa lista anual da Forbes de bilionários do mundo perdeu 52 pessoas em 2023. Mas estes ex-bilionários têm algo em comum: suas fontes de renda são ligadas ao setor de tecnologia, e sete deles a criptomoedas.

O motivo dessa grande quantidade de ex-bilionários do setor de tecnologia pode ser atrelado ao fato de que 2022 foi um ano de altas taxas de juros nos Estados Unidos, o que desincentiva setores de risco, como é classificado os destes ex-bilionários.

Mas nem todos perderam dinheiro por conta da temperatura do mercado. Existem aqueles que quebraram por suposta tentativa de fraude e atualmente estão em julgamento pela justiça.

  • Entre para o Telegram do .! Acesse as notícias que enriquecem seu dia em tempo real, do mercado econômico e de investimentos aos temas relevantes do Brasil e do mundo. Clique aqui e faça parte!

Conheça alguns dos mais novos ex-bilionários de 2023

É o caso do mais citado e enaltecido, não de forma positiva, pela Forbes Sam Bankman-Fried. O ex-CEO da FTX viu sua corretora de criptomoedas colapsar em novembro de 2022, e atualmente está em julgamento sob acusações de crimes financeiros.

Inclusive, essa é a segunda vez que o ex-bilionário aparece na Forbes, mas na primeira vez foi sendo entrevistado sobre o motivo do seu sucesso e riqueza. A matéria foi publicada antes da empresa quebrar.

Naquela época, o patrimônio líquido de Sam Bankman-Fried era de US$ 24 bilhões, e hoje está em menos de US$ 10 milhões. Aliás, o ex-bilionário teve sua fiança paga pelos próprios pais, que deram a casa como garantia.

“O prodígio da criptomoeda convenceu clientes, investidores e, sim, a Forbes de que sua exchange FTX era o futuro da criptomoeda. Seu castelo de cartas desmorona no final de 2022”, diz a Forbes.

Bankman-Fried enfrenta acusações de fraude federal, lavagem de dinheiro e violação de financiamento de campanha, e das quais se declarou inocente.

Ele e o co-fundador Gary Wang – que se declarou culpado de acusações de fraude e supostamente está cooperando com as autoridades – são dois dos sete investidores em criptomoedas que caíram este ano.

Além de ambos os fundadores da FTX, outros nomes de tecnologia e cripto saem da lista, como Alex Atallah e Devin Finzer, co-fundadores da OpenSea, plataforma de negociação de NFTs; e Andy Fang e Stanley Tang , co-fundadores do aplicativo de entrega de comida DoorDash. 

Tim Draper, investidor de capital de risco americano, é super entusiasta de criptomoedas e também saiu da lista da famosa Forbes.



Fonte